Content

Marketing

“Crie conteúdo de valor para seu público-alvo”

O que é Content Marketing

Com o crescimento do Marketing Digital entre as empresas, novas estratégias e metodologias surgiram, trazendo novas formas de uma marca se relacionar com seu cliente. Um bom exemplo disso é o Inbound Marketing, que tem como conceito a  atração, onde o objetivo é atrair o cliente até a marca ao invés de levar a marca até o cliente. E é aí que entra o Content Marketing ou Marketing de Conteúdo.

Vamos imaginar uma marca que tenha sua página nas redes sociais e que constantemente publique sobre seus produtos, dizendo como eles são bons e demonstrando que as pessoas que os adquirirem não se arrependerão. Você já deve ter visto este tipo de propaganda em algum lugar, pois este é o conceito do marketing tradicional. 

Agora vamos modificar um pouco. Agora a marca, ao invés de falar constantemente de seus produtos nas redes sociais, comece a dar dicas, disponibilizar e-books, artigos, vídeos e diversos conteúdos relacionados ao universo da marca, como por exemplo um Pet Shop, que costuma dar dicas de como cuidar melhor dos pelos de um cachorro. Este conceito torna-se diferente do marketing tradicional, pois o foco não é somente falar de seus produtos, mas utilizar-se de conteúdos de valor para atrair a atenção do público-alvo.  

A criação destes conteúdos de valor é conhecido como o Marketing de Conteúdo, que por sua vez é o combustível do Inbound Marketing.

Marketing de Conteúdo é...

...uma estratégia baseada na criação de conteúdos relevantes com o objetivo de atrair e engajar uma audiência para gerar negócios.

O Marketing de Conteúdo permite que os consumidores encontrem sua empresa antes mesmo de saberem que o seu produto possa ser a solução para os problemas deles, pois estes conteúdos não visam vender um produto em si, mas sim em ajudar a resolver problemas e esclarecer dúvidas de seu público.

Vamos voltar ao exemplo do Pet Shop e imaginar uma situação. 

Um rapaz chamado Rafael possui um cachorro e gosta de cuidar dele. Certa noite Rafael navegava em sua rede social quando se deparou com um anúncio do Pet Shop sobre cuidados com os pelos de um cachorro. Anteriormente a este momento Rafael poderia nem estar pensando sobre o assunto, mas agora, após ter visto o anúncio, acabou se interessando e resolveu ver as dicas da empresa. 

Neste anúncio foram preparadas 7 dicas sobre os cuidados com os pelos e, em uma delas, falava sobre um shampoo específico para diminuir a queda dos pelos. Interessado pelo produto Rafael acabou comprando o shampoo.

Conseguiu perceber o Inbound e o Content Marketing trabalhando? Não? Tudo bem! Vamos agora  analisar cada passo para você ver como não é tão complicado assim.

Em todo negócio é importante segmentar um público-alvo e o trabalho nas redes sociais não é diferente, é preciso segmentar um público para que se tenha uma maior chance de que os anúncios atinjam potenciais clientes. 

O anúncio criado pela Pet Shop, neste caso, possivelmente teve sua segmentação voltada às pessoas com interesses por animais de estimação, possibilitando ao anúncio atingir boa parte de seu público-alvo. Como Rafael possuía um cachorro e demonstrava este interesse por animais em suas redes sociais, este anúncio foi direcionado à ele.

Por ser um conteúdo de valor Rafael resolveu parar de prestar atenção em todas as informações contidas em sua rede e focar neste anúncio. Com isso o trabalho do Inbound Marketing de atrair possíveis clientes cumpriu sua função.

Uma vez atraído pelo anúncio, Rafael resolveu lê-lo e confirmou que aquelas 7 dicas eram de valor, pois o ajudariam a cuidar dos pelos de seu cão. Ele percebeu também que em uma das dicas estava contida a indicação de um determinado produto que poderia ajudá-lo ainda mais do que todas as outras dicas. Por tal motivo Rafael resolveu comprar o shampoo. 

Sendo assim o Marketing de Conteúdo cumpriu seu papel de ser um conteúdo de valor e vender um produto sem necessariamente oferece-lo diretamente.

Percebeu a diferença desta estratégia para o marketing tradicional onde a oferta pelo produto é muito maior? Agora parece mais simples, não é? Porém devemos ter em mente que para colocar em prática uma boa estratégia de Content Marketing precisamos seguir 3 passos: Planejamento,  Execução e Análise.

Mas como o Marketing de Conteúdo funciona?

Planejamento: Para aumentar as chances de sucesso em um projeto é preciso planejar. É de grande importância definir seus objetivos antes de criar algum conteúdo para seu blog, redes sociais, etc. Independente se seu objetivo for levar mais pessoas a visitar seu site, aumentar seus seguidores nas redes sociais ou até mesmo engajar seu público-alvo, definir bem estes objetivos antes da criação de qualquer conteúdo é a chave para se obter conteúdos de valor.

Execução: Após o planejamento, é hora de colocar o plano em prática, mas sempre cuidando para não perder de vista as definições planejadas, para que assim você consiga, além de bons resultados, também mensurá-los.

Análise: O Marketing de Conteúdo possui diversas métricas que podem ser analisadas, porém é importante definir quais serão as métricas essenciais para poder melhorar suas estratégias.

Em resumo, devemos sempre pensar que o Marketing de Conteúdo é a criação de conteúdos de valor que tem como principal objetivo resolver problemas de nosso público-alvo

Conheça mais Metodologias e Estratégias